Facebook

Análises gerenciais essenciais para avaliar os resultados do trimestre

Está sem tempo de ler agora? Aproveite o player e ouça o nosso conteúdo!

As previsões para a economia no Brasil são conservadoras. Ao final do ano passado, analistas apontaram crescimento moderado a partir deste ano, e segundo eles, a taxa de crescimento deveria ficar entre 2% e 3%.
 
É claro que, em um cenário assim, o poder aquisitivo é impactado, os negócios demoram mais a andar, e as vendas podem sofrer mais impacto, assim como o resultado da sua empresa.
 
Mais uma razão para caprichar nas análises gerenciais e ficar de olhos bem abertos nos números da empresa. O alinhamento das ações comerciais será fundamental para melhorar os resultados no decorrer do ano

Análises gerenciais: o que você precisa ter à vista



O primeiro trimestre já se foi. Como foram seus resultados? As metas foram batidas?
 
Se sua empresa conseguiu vender tudo o que se propunha para os 3 primeiros meses do ano, ótimo! Mas você precisa traçar caminhos para manter o mesmo ritmo para os próximos meses.
 
Agora, se sua empresa ficou abaixo da meta de vendas desejada para esses meses, é sinal de alerta ligado! Mais do que nunca é hora de redobrar a atenção nas análises gerenciais. E mesmo que sua empresa tenha batido a meta de vendas, mas o lucro não foi o esperado, você ainda tem um problema a resolver.
 
Por isso listamos abaixo algumas análises imprescindíveis para manter (ou levar!) sua empresa nos trilhos.

Relatório de Vendas



Quanto você vendeu no mês passado? Qual foi seu melhor vendedor? Ou qual cliente mais comprou? Essas informações ajudam a direcionar esforços para quem mais compra. Assim como podem ajudar a perceber que é hora de trocar um dos seus profissionais de vendas.
 
Além disso, o relatório de vendas é a ferramenta que vai servir como termômetro para saber o quão perto sua empresa está de atingir as metas de resultado que foram traçadas. São as vendas que vão garantir o faturamento, o recebimento (vamos deixar os inadimplentes de lado) e a consequente condição de cumprir suas obrigações.
 
Vender não é tarefa fácil, mas é preciso sim ter em mãos os números alcançados para direcionar sua tomada de decisão.

Relatório de Faturamento



Então as vendas vão seguindo, e o faturamento, como está? É importante ficar de olho, para não perder de faturar alguma venda. Pode acontecer de um contrato atrasar ou até ficar parado na mesa de alguém que está de férias, por exemplo.
 
Faturamento atrasado pode impactar o resultado do mês e até no seu fluxo de caixa, ao empurrar para frente também o prazo de pagamento.
 
Ah, em relação ao faturamento, também é preciso avaliar as devoluções. Sim, pois nada adianta sua empresa faturar, por exemplo, R$10 mil e ter 90% disso em devoluções. No fim do dia, seu número foi muito menor, e se você olhar apenas para o faturamento, pode estar se enganando.

DRE - Demonstração do Resultado do Exercício



Um DRE bem elaborado dará uma visão geral do status financeiro da sua empresa, com informações como:
 
  • Receita total de vendas;
  • Despesas gerais da organização;
  • Custos relacionados aos produtos e serviços;
  • Impostos sobre vendas e demais que incidem na operação;
  • O lucro obtido pela empresa com suas operações.
 
Para uma gestão mais eficiente, o DRE é fundamental e deve ser analisado sempre que um mês termina para medir a eficiência das práticas adotadas até então. Com base nele, você pode tomar decisões para direcionar, por exemplo, corte de custos ou despesas, ou ainda indicar a possibilidade de um investimento.
 
Aqui vale a pena destacar que, para que sua análise gerencial seja eficiente, a categorização das despesas é essencial. Separar os tipos de gastos vai permitir uma avaliação criteriosa do que pode ser ou não eliminado. Para agilizar essa análise, comece separando o que são despesas fixas e variáveis. Se você conseguir, por exemplo, reduzir um custo fixo, o impacto será maior, pois irá impactar também os meses seguintes.

Fluxo de Caixa



Claro que na sua empresa vender é fundamental, assim como gerenciar seus resultados. Mas, ter seu fluxo de caixa na mão pode ser a diferença entre passar aperto nos pagamentos ou não. Isso implica dizer que é necessário fazer uma conciliação entre as entradas e saídas.
 
Se seus clientes pagam você entre os dias 5 e 10, por exemplo, é bem importante que os pagamentos de funcionários e fornecedores aconteçam depois disso, certo? Assim como é preciso saber se as receitas entraram e qual o montante disponível para saldar seus compromissos.
 
E você só vai perceber se esse processo está descasado, se a conta da empresa está ficando sem saldo ou se em algum período do mês ela fica negativa e há perdas com multas e juros, se tiver um fluxo de caixa pronto para avaliação.

Tecnologia como aliada nas análises gerenciais



Gerir a empresa e fazer as análises gerenciais certas será muito mais fácil e eficiente se você contar com a tecnologia como aliada. Uma solução simples, mas que automatiza funções operacionais e disponha de visões que entreguem para você as informações que você precisa para direcionar seu negócio, é fundamental.
 
Em tempos de transformação digital, dados manipulados em planilhas eletrônicas ou soluções que não tragam as análises gerenciais que você precisa não podem mais fazer parte do seu dia a dia.
 
Por isso queremos falar um pouco do Izy, um sistema de gestão online para micro e pequenas empresas que vai facilitar muito a gestão do seu negócio. A solução ajuda na gestão de vendas, compras, financeiro, estoque, CRM (Relacionamento com cliente) e até produção. Com todas essas rotinas integradas, você ganha tempo e conta com:
 
  • Indicadores dinâmicos e análises gerenciais como contas em atraso, posição financeira, DRE, fluxo de caixa, entre outros;
  • Seu sistema de gestão em qualquer dispositivo mobile;
  • Notas e boletos ilimitados;
  • Boas práticas de gestão;
  • Serviço diferenciado;
  • Acesso multi-usuário, com permissões pré-definidas;
  • Conceito multi-empresa, que permite o tratamento de filiais.

Além disso, por ser na nuvem, você dispensa a compra de servidores, licenças de máquinas, procedimentos de backup, entre outros da rotina da TI (Tecnologia da Informação). Aliás, nem um profissional de TI será necessário.

Faça um balanço do 1o trimestre da sua empresa para manter o rumo do ano. Avalie também se as informações que você dispõe para gerir sua empresa rumo ao sucesso são suficientes. E experimente gratuitamente o Izy para entender melhor como é a rotina de gestão com informações à mão!

Se preferir, entre em contato com a gente.



03 de Abril de 2019

Tags:

fluxo de caixa DRE resultado metas analises gerenciais balanço

Orçamento por Telefone

Solicite nosso contato preenchendo o formulário abaixo:

Solicite uma demonstração

Solicite nosso contato preenchendo o formulário abaixo: