Facebook

Controle de estoque: qual a importância e como fazer?

Está sem tempo de ler agora? Aproveite o player e ouça o nosso conteúdo!

Como seu negócio lida com o controle de estoque? Se o almoxarifado é um dos lugares mais desorganizados da empresa, se os custos com essa área são altos, se os inventários nunca são realizados e se não há estoque mínimo, muita coisa precisa mudar!
 
A gestão é o cérebro e o financeiro o coração, enquanto o almoxarifado pode ser considerado as veias e artérias da empresa. É essa área a responsável por recepcionar, conferir e armazenar os insumos e mercadorias prontas, distribuindo todas elas tanto internamente, para abastecer as linhas de produção, quanto externamente, para os clientes.
 
Cuidar com carinho dos processos que envolvem esse setor é mais do que necessário. Leia este texto e aprenda 2 dicas valiosas sobre como fazer isso, além de como a tecnologia pode ajudar.
 
Qual a importância de fazer o controle de estoque?


 
As empresas que contam com um controle de movimentações e saldos de estoque assertivo garantem uma entrega pontual para o cliente, o que aumenta a satisfação dele. Isso sem contar a eliminação de atrasos de produção e da possibilidade de compra de insumos no momento certo.
 
Cuidar com eficiência do estoque dá a chance de praticar melhores preços por ganhar desconto comprando produtos em quantidade na hora certa. Isso sem dizer suprir os pedidos com maior agilidade.
 
Planejamento é a alma do negócio
 
Tenha uma coisa em mente: estoque em excesso é sinônimo de capital parado. Pode parecer tentador atender aos apelos de um fornecedor que dê descontos em grandes compras. Mas será que realmente vale a pena?
 
A economia de manter armazenado um item por muito tempo pode ir por água abaixo e os motivos são vários. Comprar um lote de 100 peças sendo que a área responsável usa poucas por mês é apenas um exemplo. Se o item for perecível, a situação se agrava.
 
E, de compra em compra, o almoxarifado vai superlotando e na hora de armazenar algo realmente importante não há mais lugar. O resultado? Será necessário encontrar um lugar maior, impactando em custos.
 
Para evitar essas situações é preciso que a área tenha planejamento. O nível precisa acompanhar o volume de consumo e também das vendas. A mensagem é clara: estoque apenas o que é necessário!
 
Eis o chamado estoque mínimo. Adotar este conceito é importante pois garante sempre um saldo positivo e evita outro pesadelo: o estoque negativo.
 
Se você está se perguntando 'como calcular o estoque mínimo?' saiba que essa necessidade vai variar conforme cada item e tipo de negócio. Mas a conta é a mesma. Serão necessários dois cálculos diferentes. Veja abaixo:
 
Tudo isso só é possível ser colocado em prática com planejamento e boa vontade. Mas é preciso muito mais para garantir o controle de movimentações e saldos de estoque.
 
Siga a leitura para compreender o que está por trás de tal afirmação.
 
 O papel de uma boa administração

Como todos os outros setores, o almoxarifado é um organismo vivo e pulsante! E pede uma administração que coloque em prática o que foi planejado.
 
Dessa maneira é fundamental que seja realizado um monitoramento eficiente, o que significa uma gestão diária que controle entradas, saídas e perdas.
 
Fazer inventários periodicamente também é uma ferramenta importante, pois além de possibilitar uma visão da rotatividade, também contribui para manter os saldos atualizados e impedir vendas que não possuam estoque.
 
Uma boa administração de estoque inibe furtos ou desvios, além de implantar rotinas importantes como as requisições para saídas de produtos. Isso sem dizer que facilita o preenchimento do bloco K do Sped.
 
Sua empresa só tem a ganhar ao investir em gestão. Como só será mantido o que é necessário o capital da empresa é empregado de forma adequada, cortando custos e evitando prejuízos. Já os pedidos são atendidos da melhor maneira possível, de acordo com a procura e sem atrasos
 
Mais recomendações



O Sebrae é uma excelente fonte de informação para as micro e pequenas empresas. Veja abaixo outras recomendações importantes passadas por essa instituição. Com certeza também irão ajudar!

  • Conte com um processo de recebimento no qual um funcionário checa se o pedido foi entregue ou se falta algum item. O ideal é que todas as entradas e saídas sejam identificadas com o nome do responsável e inseridas em um sistema informatizado;

  • Diariamente, faça uma verificação do estoque por amostragem de alguns itens. Também chamado de "Inventário Rotativo". Isso aumenta as chances de serem encontrados e solucionados problemas com maior velocidade;

  • Mantenha o depósito e o centro de distribuição sempre bem organizados

  • Utilize o layout da área de vendas para promover e liquidar os produtos principais, os que estão com data de vencimento próxima e os que precisam dar lugar às novidades;

  • A partir do conhecimento sobre a necessidade da empresa, busque fornecedores que permitam compatibilizar as quantidades de produtos e os prazos de pagamento com seu giro de estoque e com seu fluxo de caixa.

  • Manter parceria com um bom distribuidor permitirá fazer compras menores e manter o estoque enxuto. Tenha também outros fornecedores no radar para não criar uma relação de dependência e exigência de compra que não respeite a sua realidade.

  • Se mesmo assim tiver que comprar uma quantidade de produtos maior do que o necessário, utilize-se de estratégias de visual merchandising para promover e vender mais rapidamente os produtos, evitando o acúmulo de mercadoria parada no estoque.

Como o iZY pode ajudar sua empresa com o controle de estoque



O iZY Sistema de Gestão Online é voltado para micro e pequenas empresas e tem a capacidade de alinhar a rotina administrativa aos processos gerenciais, trazendo mais mobilidade e praticidade para o seu negócio.
 
Com mais de 5 mil usuários espalhados por todo o Brasil o software conta com um módulo de Gestão de Estoque Online que permite mais segurança e eficácia no controle de itens da empresa. Ele é o responsável por monitorar a entrada e saída de produtos, atuando de maneira integrada com os módulos de Gestão de Vendas e Compras.
 
Conheça abaixo alguns recursos oferecidos pelo iZY e que com certeza ajudarão sua empresa com o controle de estoque:

  • Cadastro e gerenciamento da lista de itens;
  • Ferramenta para contagem de inventário;
  • Ferramenta para ajustes de estoque;
  • Processo para lançamento de produção;
  • Ferramenta para formação de preços do item;
  • Processo para lançamento de requisição.

Cuidar do controle e movimentações do estoque realmente não é uma tarefa fácil. É preciso ‘equilibrar pratinhos’, prever o que os clientes querem e quanto querem para não ter prejuízos.
 
Sabe como também podemos te ajudar a cortar custos, melhorar o inventário, eliminar o estoque negativo e trabalhar com estoque mínimo? Basta baixar nosso modelo de planilha!







 

27 de Março de 2019

Tags:

custos controle de estoque estoque negativo saldo inventário bloco k estoque mínimo

Orçamento por Telefone

Solicite nosso contato preenchendo o formulário abaixo:

Solicite uma demonstração

Solicite nosso contato preenchendo o formulário abaixo: