Facebook

Certificado Digital: Tudo o que você precisa saber

Para quem abre uma empresa ou pretende começar a lidar com emissão de notas fiscais eletrônicas, certamente vai esbarrar no assunto Certificado Digital. Pensando nisso, gostaríamos de ajudar você tratando esse assunto de um jeito bem prático.
 
O que é Certificado Digital?
 
O Certificado digital é como se fosse uma chave eletrônica que serve para identificar uma pessoa ou empresa (pessoa física ou jurídica). Essa chave é utilizada em sites, sistemas ou quaisquer meios virtuais a fim de que ela garanta a verdadeira identidade de quem a emitiu. 
 
Esta certificação é extrema importância para garantir a segurança dos dados da sua empresa e de seus clientes. Através da certificação digital, os dados inseridos são automaticamente criptografados tornando as fraudes mais difíceis. 
 
Existem 2 tipos de Certificado digital, o A1 e o A3. O tipo A1 consiste em um arquivo que fica armazenado no seu computador, o qual gera sua chave para as suas operações. Ele tem validade de 1 ano, ou seja, você deve renová-lo após seu vencimento.  O tipo A3 dura de 1 a 3 anos é armazenado em um cartão, podendo ser utilizado em qualquer computador.
 
É obrigatório ter um Certificado Digital?
 
Desde julho de 2017, as empresas da modalidade Simples Nacional com mais de 5 colaboradores passaram a usar o Certificado Digital obrigatoriamente.
 
Qual tipo de Certificado digital é melhor para o meu negócio? A1 ou A3?
 
Ambos os certificados cumprem o mesmo papel. Apenas fique atento para o fato de que alguns sistemas emissores de NF-e podem não ser compatíveis com algum dos tipos. Verifique antes de adquirir seu Certificado Digital.
 
Em que situações vou precisar de um Certificado Digital?
 
O meio mais comum onde a certificação digital é exigida é na emissão de notas fiscais. Para garantir a veracidade das informações que as empresas emitem à secretaria da fazenda, elas inserem a chave em seus sistemas, e isso valida a emissão dos documentos fiscais.
 
Como consigo um Certificado Digital?
 
Se você quer uma certificação digital para o seu site ou para uso em algum sistema de emissão de notas fiscais eletrônicas online, você tem dois caminhos, sendo o primeiro deles mais fácil e mais utilizado pelas empresas:
 
1. Você solicita ao contador. Simples assim! Toda empresa precisa de um contador para seus processos burocráticos iniciais de abertura de empresa. O próprio contador já está habituado a realizar este processo. 
 
2. Entrar em contato com uma Autoridade Certificadora (AC). Como informamos antes, este não é  o meio mais comum, porém é possível sim adquirir um Certificado digital com uma AC. Essa entidade funciona como um cartório e é responsável em criar uma assinatura digital relacionada com os dados de registro da sua empresa.
 
Por que a segurança é necessária na Internet?
 
De acordo com pesquisa divulgada pelo site We are social, o brasileiro gasta, diariamente, 9 horas e 14 minutos navegando na Internet, através de qualquer dispositivo. A medida que o acesso se torna mais rápido e mais barato, essas pessoas gastarão mais tempo conectado à Internet para comunicação pessoal e para transações comerciais.
 
A Internet é uma rede de comunicações aberta, pessoas de má fé descobriram que podem explorar suas vulnerabilidades para ganhos fraudulentos. Através da certificação a internet está melhor protegida, se transformando em uma excelente ferramenta comercial e de comunicação.
 
Conforme um estudo realizado pela Kaspersky Lab, o Brasil lidera o ranking dos países que apresentam mais registros de ataques na internet na América Latina, ocupando a 9ª posição no mundo.
 
A solução encontrada foi a criação do certificado digital que já é obrigatória para algumas empresas e, em breve, será exigida a todos os tipos de negócios no Brasil.
 
Conheça 3 vantagens da Certificação Digital
 
1. Autenticação
 
Com a certificação digital as pessoas e as empresas que possuem sites são comprovadas por documentos da sua real existência.  
 
2. Confidencialidade
 
A informação dentro da mensagem ou transação feita no site ou sistema é mantida confidencial. Através de criptografia as mensagens só são liberadas para remetente e destinatário sem qualquer tipo de interferência.
 
3. Integridade
 
A informação que compõe a mensagem ou transação não pode ser adulterada sem que todas as partes envolvidas tenham conhecimento.
 
As propriedades de segurança acima só podem ser alcançadas e implementadas em sua empresa através da utilização de infraestrutura de chave pública (Certificação digital).

15 de Fevereiro de 2018

Tags: