Facebook

Descubra como evitar fluxo de caixa negativo

Gerenciar o fluxo de caixa eficientemente garante que a empresa permaneça em boas condições no mercado.  Ter um fluxo de caixa negativo pode destruir seu negócio. Neste artigo separamos algumas dicas para você evitar esse problema dentro da sua empresa.

Você sabe como funciona o Fluxo de Caixa?

Antes das dicas, é importante que você saiba exatamente como funciona o fluxo de caixa. Vamos lá! Imagine um copo com água, a quantidade de água representa o dinheiro que sua empresa possui. A entrada e saída de água é constante, quanto mais sede, menos água. Por isso é importante sempre manter este copo o mais cheio possível, para que em qualquer momento de sede ele esteja disponível. Deixá-lo secar é o mesmo que zerar o capital do seu negócio. Para evitar problemas como este, é necessário aperfeiçoar o controle financeiro da sua empresa.

Acompanhe as vendas e evite problemas

Um bom gerenciamento empresarial pode ser uma das chaves para o sucesso do seu negócio. A margem de vendas deve ser suficiente para suprir os custos gerais, caso contrário, é apenas uma questão de tempo para que problemas relacionados ao fluxo de caixa comecem a aparecer. Para garantir um caixa positivo é preciso ter um fluxo suficiente para garantir:

  • Custo de produtos;
  • Despesas operacionais (água, energia elétrica, telefone);
  • Salários;
  • Impostos;
  • Custos de financiamentos;
  • Pagamento dos fornecedores.

É ideal que o fluxo de caixa mantenha uma margem de vendas acima dos gastos para conseguir rotatividade e gerar lucro. É importante também garantir uma reserva para qualquer eventualidade evitando que a empresa deixe o financeiro zerado.

Conhecer as despesas mensais da sua empresa (custos fixos e variáveis) é essencial para o bom gerenciamento do fluxo de caixa e de orçamento. Pensando em facilitar este cálculo para você, disponibilizamos uma planilha de controle de custos. (BAIXE AQUI)

Crescer rápido demais pode ser ruim para o seu negócio

Pequenas e médias empresas almejam o crescimento do negócio, porém se esta etapa for rápida demais, poderá negativar o fluxo de caixa. Com o aumento das vendas é natural que as reservas sejam utilizadas para cobrir os custos inesperados. Mas e se for por um momento só? E se as vendas não se mantiverem? É essencial que você tenha os pés no chão num momento como este, pois pode ser fatal para a sua empresa.

Uma boa solução é garantir que as estratégias de vendas estejam atualizadas e bem definidas, pois assim o crescimento das vendas estará nos planos e não será algo inesperado que arrisque o seu negócio.

Pagamentos compatíveis

Uma dica para manter o seu fluxo de caixa positivo é equiparar os pagamentos de clientes e fornecedores, por exemplo, sua empresa proporciona a facilidade de pagamento de 60 dias para os clientes, mas os fornecedores exigem o pagamento em 30 dias, não é uma situação compatível, certamente resultará em fluxo de caixa negativo.

Mau gerenciamento do estoque

Os problemas financeiros podem iniciar ou aumentarem através do mau gerenciamento do estoque. Ter um estoque muito além da demanda existente faz com que seu dinheiro fique parado. Controlar o estoque eficientemente permite que o dinheiro, antes utilizado apenas na produção, possa ser colocado em atividades estratégicas para garantir a satisfação do cliente por exemplo.

Duas situações comuns encontradas no mau gerenciamento de estoque que devem ser evitadas são:

  • Compra em excesso de matéria-prima;
  • Alto número de produtos prontos em estoque.

Utilizar um software de gestão online é uma boa saída para controlar as atividades, pois ajuda as pequenas e médias empresas a se organizarem melhor.

Se destacar dos concorrentes em um mercado tão disputado não é tarefa fácil, por isso é fundamental sempre estar em busca de novidades, para isso é necessário investimento, desta forma reafirmamos ainda mais a importância de manter um fluxo de caixa positivo e uma reserva garantida.

11 de Julho de 2018

Tags:

fluxo de caixa gestão financeira